PT

    A INOVA+ liderou um consórcio internacional na execução de um estudo cujo objetivo foi analisar de que modo as atividades de investigação e inovação, financiadas no âmbito dos temas Nanociências e Nanotecnologias, Materiais, Novas Tecnologias de Produção (NMP) e Biotecnologia Industrial (B) do Sétimo Programa-Quadro (FP7), estão integradas a nível regional, ligadas a redes e clusters locais e regionais, e em que medida e como essas atividades tiveram impacto a nível regional.

    O relatório final do estudo inclui as conclusões relativas à análise de mapeamento e regressão, à análise de rede, bem como apresenta estudos de caso de sete regiões (Região de Colónia – Alemanha, Hungria Central, Walloon Brabant – Bélgica, Sul da Suécia, País Basco – Espanha, Região de Lodz – Polónia e Região de Bucareste-Ilfov – Roménia.

    Este estudo resultou recomendações políticas destinadas a decisores políticos europeus e regionais, designadamente em relação a atividades a serem implementadas no âmbito do programa H2020 ou futuro FP9.

    Poderá aceder ao relatório final deste estudo aqui.

    OUTROS CASOS DE SUCESSO

    DIDIMO vê aprovado projeto SME Instrument Fase 2 – Horizonte 2020 entre mai…
    A INOVA+ representa atualmente em Bruxelas as Comunidades Intermunicipais (…
    A INOVA+ apoiou a ADENE no processo de elaboração e submissão de uma candid…